quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Cavalgada



"Vou cavalgar por toda a noite
Por uma estrada colorida
Usar meus beijos como açoite
E a minha mão mais atrevida

Vou me agarrar aos seus cabelos
Pra não cair do seu galope
Vou atender aos meus apelos
Antes que o dia nos sufoque

Vou me perder de madrugada
Pra te encontrar no meu abraço
Depois de toda a cavalgada
Vou me deitar no seu cansaço

Sem me importar se neste instante
Sou dominado ou se domino
Vou me sentir como um gigante
Ou nada mais do que um menino

Estrelas mudam de lugar
Chegam mais perto só pra ver
E ainda brilham de manhã
Depois do nosso adormecer

E na grandeza deste instante
O amor cavalga sem saber
E na beleza desta hora
O sol espera pra nascer."


Composição: Roberto Carlos / Erasmo Carlos


4 comentários:

Vulgar disse...

quando comecei a ler pensei que fosse bocage... mas faltou-lhe depois mais picante.
não deixam de ser belas cavalgadas.
um beijo

Cadora disse...

Vulgar...
Não conheço as "cavalgadas" de Bocage,deves estar a referir algum soneto,certo?

Beijo

Vad disse...

Ola amiguinha como o prometido é devido cá estou eu para te dar o meu comente embora nao te va dizer quem é a pessoa em causa apenas te digo que essa musica faz-me lembrar da minha melhor amiga e companheira.
E sinceramente só quem ama ou amou sente que esta musica tem um lado erotico..eheheh e ao mesmo tempo delicioso de ver e sentir o amor.
BEIJINHOS

Cadora disse...

Vad ...

Com estas palavras nem precisas de dizer o nome da pessoa em causa,pois já sei.

Beijo